Poesia do Olhar

Poesia do Olhar

Saturday, December 12, 2015

Soneto à orgia do tempo/Bach



copyight
*****
Hei-de ser mar e terra e fogo e ar...
Quando, por fim, na roda que a tudo sela,
Secarem as flores da vida ao trémulo da vela,
Em vestes que só o tempo levará a pratear;
*
E de sublimes versos, saírem cristais,
Como fluem das marés, algas e sais...
E de loucas paixões, volúpia e flores,
Em poções felinas, na altivez dos amores;
*
E das fundas dores cravadas no Mundo?
Chegarem gritos urgentes, de enlace profundo,
Ao luar da alegria, onde ela nunca vibrou...
*
Até que tudo, por fim, na orgia do tempo,
Tal como a vida ao arder em caos imenso,
Volte a ser no destino o anel onde brilhou!...

Véu de Maya

Saturday, November 14, 2015

Tocata estrelar/Chopin


copyright
*****
Entre a saudade que é o fado da vida
E o amor que é barco em mar profundo
Circula o ódio vão que ao amor desgraça
E a estupidez crassa que ao mundo desbarata!
*
Entre a fortaleza do amor
Em rotas firmes de conquista e dor
E o ódio vão que se trivializa louco
Por achar tão pouco o mal que sempre faz...
*
Brilham as estrelas que à noite escura iluminam
E os sonhos que à vida,sob cores exóticas,suavizam!
*
Mas dói tanto esta vertigem profunda
Que por ser tão triste só o Sol a ilumina!
Tal como ao ódio gratuito só o combate duro
E à dor profunda esta tocata que a sublima!...

Véu de Maya

Friday, October 16, 2015

Ah, coração de poeta!/Chopin



copyright
*****
Ah, coração de poeta! como podes tu florir?
Entre os oásis da terra e os enigmas do céu...
Sem te entranhares nos labirintos da vida
E os espelhares puros nas vozes do teu véu.
*
Ah, poeta! e quantos vapores de snobismo?
A vaguear na terra por entre brumas e esperanças
E no céu por entre mistérios e fragrâncias.
*
Rega-me antes com as cores da vida
Desde os tons da violeta até aos da orquídea vermelha,
Pois é nesses cheiros que se distinguem os amores genuínos
E transitam os barcos no mar em seus altivos desafios.
*
Ah, coração puro! mas que alquimia de cores!
Pintada em espelhos de risos e silêncios e sentidos,
Tal como nos transes das paixões altivas
Ardem menos os vapores do que os amores.
*
Ah, poeta! erro a vibrar nestes teu versos,
Em que todo o coração puro se quer fundir,
Até, no Universo, por paixão, a outros fazer florir!...

Véu de Maya

Ah, vida!-Nos teus véus efémeros/Chopin


copyright
*****
Ah, poeta! quantos olhares e espelhos avistas tu?
Que nuns, entreabres pomares altivos de colheita plena,
Mas noutros, rasgas desertos sombrios e destilas-me nua,
Como a angústia da insónia que se enrola à noite inteira!

Ah vida! E em que alambiques te poderia decantar?
Se é nos teus eternos opostos que te sinto a florir e murchar,
Por vagas de dor e euforias, sob um mar de alquimias incertas,
Tal como, por entre as estrelas, erram constelações secretas!

Ah, poeta!, mas se sou véus-em desafios e sonhos, 
Que é, como nos teus versos, inocente, me arriscas!
Por que é que te jogas ainda, no desenho dos meus rostos,
Sem te cansares de olhar do deserto até aos pomares que avistas?

Ah, vida!, Mas se é nesses contra-partos eternos,
Onde te exploro pura, como silêncio de estrelas em poesia,
Que tu és arco e flecha de cumes e vazios tão secretos!

Qual é o poeta que não ousaria acolher-te no teu fogo?
Como ao mar alto, os navios, na sua intrepidez vadia!...

Véu de Maya

*-for others languages, please,  the Google Translator.Thank You, very much.

Saturday, October 10, 2015

Nostalgia do Outono/Chopin


copyright
****
Este poema acerca da nostalgia do Outono, depois de declamado pelo poeta, está gravado- copyright- dentro do vídeo, através de uma imagem delicada e ilustrativa desta estação do ano e floreado por telas célebres da pintura Mundial sob a sonoridade estrelar de Chopin...Desfrute da fusão deliciosa entre poesia, música e pintura, por ser um elevado exercício de exaltação para o espírito e de estética relaxante para a harmonia dos sentidos...
Enjoy the harmony: poetry, music and picture, because it`s a very amazing relax. Many thanks.

Yet the poem in portuguese language, for google translator if you want...

*****
Roda, roda, ó folha de Outono,
Que secaste sem saber...
Mas eu que te toco tão leve
Em que chá te poderia beber!
*
Canto ao vento que te leva
E ao toque que já não podes florir
E ao ver-te rodar assim serena
Como poderia não te esculpir!
*
Sigo ao teu lado pertinho
E ao vaguear no teu caminho
Sorrio-me a passear sozinho
E a sentir-te como idílio já esbecido...
*
Mas ao Baco que à vida sorri
E neste louco altar floresce...
Sob os véus do que festejo em ti
Venho dançar, ó folha de Outono,
*
Pois não quero estiolar como tu
Sem me embriagar neste poema
À nostalgia do que sinto por ti...
*
E ao vento que até na morte se ri
Que sopre até valer a pena...
Na roda em que tudo na vida flori!...

Véu de Maya

Wednesday, September 23, 2015

Oh, vida peregrina/Morricone


copyright
  *****
Por que me seduzes, ó vida peregrina,
Com véus de feiticeira atrevida?
Se, quando te quero amar de verdade, 
Tu me atiras com volúpias mais de mentira!
*
Mas que retórica tola!-retratas-me tu-
Ao desvelar-me com o teu espanto...
No sorriso encantador de seduzir!
*
Como poderias-tão depressa assim-possuir-me?
Se eu sou a orgia pura no azar de quem arrisca.
*
E ao embalar-te com ilusões de verdade,
Sou a mais bela e arrojada peregrina
Nos lances sedutores da máscara e da mentira.
Ah, vida exuberante!- Aí? despertas-me de mim,
Ao banhar-me no teu caudal esfuseante
E girar pelos teus labirintos de dor e euforia
`*
Ate ser em ti-puramente-só laços ardentes do coração,
E tu em mim, ilusões fortes e pomares de flores...
Ó vida pura, ó mais bela impostora, sem pudores,
Como és tão verdadeira, até nas ilusões e nos amores!...

Véu de Maya

Sunday, July 26, 2015

arco e flecha/Chopin


*****
Para ter a percepção do vídeo em full screen e ainda ler o poema aqui declamado pelo poeta, queira ter a curiosidade de passar ao YouTube. Obrigado pelo carinho da presença. Deixo o meu abraço com estima e consideração.

Véu de Maya


Saturday, July 18, 2015

Na embriaguês dos teus laços/Mozart


****ª
Para ter a percepção do vídeo em full screen e ler o poema declamado pelo poeta- queira transitar ao Youtube. Obrigado pelo carinho da presença.

Véu de Maya




Wednesday, June 24, 2015

ilusão sagrada/Mozart


*****
Queira ter a curiosidade de passar ao YouTube para ter a percepção em full screen e ler o poema aqui declamado pelo poeta...Obrigado pela presença. O meu abraço, com afecto.

Véu de Maya

Saturday, June 13, 2015

Flauta de Pã II/ Chopin


*****

Para ter a percepção do vídeo em full screen e poder ler o poema declamado pelo poeta, queira ter a gentileza de passar ao Youtube. Obrigado pelo carinho da presença.

Véu de Maya

Saturday, May 30, 2015

Na raiz das coisas/ Chopin


*****
Para ter a percepção do vídeo em full screen e ler o poema existencial aqui declamado pelo poeta, queira passar ao YouTube. Obrigado pelo carinho da presença.

Véu de Maya

Saturday, May 16, 2015

névoas de solitário/ Chopin


*****
Este poema reflexivo e existencial de véu de maya-está gravado-copyright- numa imagem delicada e expressiva-para poder ser lido de maneira simples,-após a sua recitação pelo poeta ao som de Chopin-Fantasie Impromptu-Robin Alciatori- e ilustrado com telas célebres da pintura mundial..Desfrute o melhor que puder da fusão entre poesia/música/pintura, por ser libertador para o espírito e estética dos sentidos...Para ter a percepção em full scren queira passar ao YouTube...Obrigado pelo carinho da presença.
This reflexive and existential poem about lights and shadows into the World-is-copyright-insert by one expressive image, after to be recited by the poet with Chopin sonority together high and ilustratives pictures. Enjoy the best you can, because it`s greatful. Thank you, very much.
Véu de Maya

Thursday, May 7, 2015

camarote do amor/Morricone


*****
Este poema de amor universal-por véu de maya-está escrito-copyright-dentro do vídeo-numa imagem expressiva-de fácil leitura-e ilustrado por telas célebres da pintura mundial, com a sonoridade sublime de Morricone. Desfrute da harmonia entre poesia e música e pintura-para prazer alto do espírito e alegria superior dos sentidos.
This poem of véu de maya-about kid`s love-is insert, for inside-copyright- into the video-by one ilustrative image and perfomed together with high pictures and the stellar sonority of Morricone`s music.Enjoy very well, because is so much grateful. Many thanks, a lot.
Véu de Maya

Saturday, April 25, 2015

No teu clarão/Chopin


*****
Este poema existencial de raíz vitalista, está inscrito-copyright-dentro do vídeo-numa imagem delicada e expressiva, a seguir à sua declamação pelo poeta véu de maya, sob a sonoridade sublime de Chopin e com ilustrações apropriadas de génios da pintura mundial..Desfrute da fusão poesia, música e pintura, para libertação do espírito e estética dos sentidos..
This existential poem of véu de maya is-copyright-inside the vídeo-by one expressive ilustration, after his declamation by the poet with the stellar sonority of Chopin and amazing pictures. Thank you, very much.

Véu de Maya

Monday, April 13, 2015

poética dos olhos/ com imagens expressivas/ ao som da sublime Moonlight de Beethoven/ A não perder.


*****
O poema lírico com laivos de volúpia ingénua está inscrito por dentro do vídeo, numa imagem expressiva ao som da sublime Moonlight de Beethoven...A visibilidade da imagem e das outras pinturas célebres que se lhe seguem, aconselha a que possa ter a sua percepçâo em full screen- o que implica a passagem ao Youtube...Enjoy this because is very nice...Thank you, very much.

Véu de Maya

Monday, March 30, 2015

Telescópio existencial/ com delicadas pinturas e a sonoridade sublime de Chopin.


*****
Vale a pena desfrutar da percepção em full screen deste poema existencial sob a sonoridade estrelar da música de Chopin.Queira ter a gentileza de passar ao Youtube.Enjoy this, because is very greatful.Thank you so much.

Véu de Maya

Friday, March 27, 2015

Noite estrelada/com a sonoridade lunar da Moonlight de Beethoven


*****
Para ter a percepção do vídeo em full screen, queira passar ao Youtube...Os versos estão gravados dentro do vídeo em imagens deliciosas...ao som relaxante da Moonlight de Beethoven...Deixo-vos o meu abraço com afecto.Enjoy this because is amazing.Thank you.

Véu de Maya

Thursday, March 19, 2015

à flor da pele/Für Elise Beethoven


*****

para desfrutar da percepção em full screen, queira ter a amabilidade de passar ao YouTube.

Véu de Maya

Monday, March 9, 2015

Ode à Liberdade/Albinoni

*****
Queira ter a gentileza de passar ao YouTube, se quiser abrir o vídeo em full screen e ler esta Ode enquanto escuta a declamação...O meu abraço, com afecto.

Véu de Maya